O que é Alienação Parental

“É um processo que consiste em programar uma criança ou adolescente para, sem motivo, odiar o pai ou a mãe, até o ponto de que a própria criança ou adolescente ingressa nessa falsa trajetória de desconstrução do outro.”

TRINDADE, Jorge. Manual de Psicologia Jurídica para operadores do Direito. 7ª edição. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2014.

De acordo com o Artigo 2º da Lei 12.318/2010:
“Considera-se ato de Alienação Parental a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós, ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância, para que repudie o genitor ou cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este”.