Depoimentos

Dr. Marcelo Bertoluci e Dr. Vitor Peruchin

Presidente da OAB/RS e Advogado / Advogado e Professor Universitário

“Tivemos o privilégio de conhecer a Escala de Alienação Parental. Trata-se de um importante instrumento de auxílio na identificação da presença ou ausência de alienação parental. Por certo, será de grande valia para os operadores jurídicos, pois poderão se valer dessa inovadora ferramenta para melhor encaminhar a situação processual e pessoal de seus clientes.

Cumprimentos aos integrantes do Instituto Prof. Jorge Trindade por mais essa brilhante contribuição na área da Psicologia Clínica e Forense.”


Dra. Delma Silveira Ibias

Advogada, Presidente por duas gestões e atual Vice-Presidente do IBDFAM/RS e Conselheira Estadual e Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS

“Tive a honra e o privilégio de receber a gentil visita do Prof. Jorge Trindade e da Dra. Fernanda Molinari, que me apresentaram a Escala de Alienação Parental, importante instrumento de auxílio na identificação da presença ou ausência de alienação parental.

Não tenho dúvida de que será de grande utilidade para os operadores do Direito e atores dos processos judiciais, vez que poderão se valer dessa importante e inovadora ferramenta para lidar e percorrer os árduos caminhos dos feitos litigiosos onde se perquiri a alienação parental, podendo, assim, chegar-se a uma melhor solução, sempre visando o melhor interesse das nossas crianças.

Meus cumprimentos ao Prof. Jorge Trindade e à Dra. Fernanda Molinari e demais membros do Instituto, por mais essa brilhante contribuição aos profissionais das áreas multidisciplinares, precipuamente, aos operadores familistas.”


Modesto Mendes

Autor da Obra Portuguesa: "História do Amor entre um advogado e uma juíza"

“A questão da Alienação Parental é cada vez mais um tema atual e sensível, dado que está presente no seio da instituição mais importante - a Família - envolvendo os membros mais desprotegidos e sensíveis - as crianças.

O Brasil, sendo um país pioneiro no reconhecimento desta problemática, instituiu uma Lei que reconhece e exemplifica comportamentos de Alienação Parental.

Estudiosos e especialistas no tema, o Dr. Jorge Trindade, Dra. Elise Trindade e Dra. Fernanda Molinari, desenvolveram a Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental, um inovador instrumento científico e jurídico, que possibilita a identificação da Alienação Parental, seguindo os critérios legais.

Trata-se, sem dúvida, de um inovador e importante instrumento que está a mudar o paradigma desta problemática.

É com orgulho que observo que a Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental está a despertar muito interesse, na população e em todos os meios, também em Portugal.

Pelas vossas boas intenções, e pelo excelente resultado do vosso trabalho, apresento os meus Parabéns Prof. Jorge Trindade, Drª Elise Trindade, Drª Fernanda Molinari, pela magnífica contribuição em prol da conscientização desta problemática social.”


Sandra Inês Feitor

Jurista e doutoranda em Direito

“A Escala de Indicadores de Alienação Parental foi uma brilhante iniciativa do Instituto Jorge Trindade, encabeçada pelo Dr. Jorge Trindade, Dra. Fernanda Molinari, e Dra. Elise Karam Trindade.

A presente iniciativa é pioneira: o Brasil é o único país que de momento possui uma lei que regule especificamente o fenômeno e, agora, também um mecanismo de estudo, investigação científica e conhecimento pessoal acerca da incidência da Alienação Parental.

Tal instrumento revela-se, desde já, uma mais-valia, pois vem permitir ao cidadão, segundo orientação por referência à lei, saber se está envolvido num caso de alienação, como vem permitir ao judiciário perceber o impacto e importância do tratamento adequado destas questões e, ainda, ao cientista, ao estudioso, aprofundar o conhecimento sobre a Alienação Parental em várias vertentes.

A presente iniciativa representa um marco na evolução e na investigação sobre o fenômeno, mas também uma viragem em relação ao seu aprofundado conhecimento, podendo vir a gerar mudanças de paradigma, nomeadamente na atuação do judiciário.”


Sergio Moura Rodrigues

Presidente da Associação Brasileira Criança Feliz

“Na qualidade de Presidente da Associação Brasileira Criança Feliz, e representando as crianças e pais que sofrem com a Alienação Parental, manifesto minha profunda gratidão por haverem colocado a disposição esse importante instrumento que é a Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental. Trata-se de um instrumento auxiliar de grande importância, que trata a matéria com responsabilidade, ineditismo e criatividade. O quanto antes a Alienação Parental for identificada, mais fácil se torna a sua solução, diminuindo o sofrimento de todos os envolvidos.

Agradeço ao Dr. Jorge Trindade, Dra. Fernanda Molinari e Dra. Elise Trindade por essa magnífica contribuição, fruto que sei de muita dedicação, empenho e eficiência.”


Graziela Maria Rigo Ferrari

Advogada e Mestranda em Direito na Fadir/PUCRS. Especialista em Processo Civil pela UFRGS e em Direito de Família pela PUC/RS. Membro do IBDFAM/RS e da Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica. Membro e Diretora da ABCF do núcleo Porto Alegre.

“A Escala da Alienação Parental representa uma ferramenta inovadora, de relevância ímpar na contribuição para a identificação de condutas que se enquadrem no instituto reconhecido no cenário jurídico brasileiro a partir da Lei 12.318/2010. A despeito da legislação descrever, de maneira exemplificativa, algumas formas desta prática, trata-se de situação que desafia o insubstituível conhecimento da área psicologia forense, pelo que, a Escala se mostra importante meio de contribuição para o alcance das inúmeras possibilidades de caracterização de sua ocorrência, auxiliando todos os partícipes deste fenômeno, seja na condição de partes, seja na de profissionais, que podem se valer desta criativa proposta de uma sistematização de suas diferentes facetas.”


Maria Fontemachi

Presidente da ALAMFPyONAF / Juíza da Província de Mendoza

“La Asociación Latinoamericana de Magistrados, Operadores y Funcionarios de la Niñez, Adolescencia y Familia tiene el honor de felicitar el equipo de la Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental por el brillante e inédito trabajo en prol de los niños, niñas y famílias, no solo de Latinoamerica, pero de todo el mundo.”


Dra. Carolina Zago Cervo

Defensora Pública

“Parabéns!

Gostaria de manifestar o meu reconhecimento da importância da Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental no exercício da minha profissão. Sua utilidade está relacionada à solução de conflitos e, principalmente, à redução do sofrimento de todas as pessoas envolvidas nos litígios. Parabéns pela criatividade na elaboração do instrumento!”


Juliana Rodrigues de Souza

Advogada / Diretora da ABCF/Porto Alegre / Autora do Livro Alienação Parental sob a perspectiva do Direito à Convivência Familiar

“A Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental é um importante e inovador instrumento que não apenas possibilita identificar a presença ou a ausência de Alienação Parental, mensurando a sua intensidade, mas, sobretudo, refere-se a uma magnífica ferramenta de contribuição para a justiça brasileira e para a conscientização deste fenômeno.

A utilização dos indicadores apresenta-se imprescindível para a sociedade, uma vez que possibilita identificar, com mais precisão e embasada em lei, a ocorrência da Alienação Parental, permitindo modificarmos o contexto desta triste realidade. A Escala permite, ainda, o conhecimento pessoal e o desenvolvimento da pesquisa como forma de aprimoramento científico.

Sem dúvida alguma, uma excelente iniciativa idealizada e desenvolvida pelos renomados profissionais Jorge Trindade, Elise Karam Trindade e Fernanda Molinari.”


Dr. Carlos Luiz Sioda Kremer

Advogado / Presidente da Comissão Especial da Criança e do Adolescente da OAB/RS

“Ao tomar conhecimento da Escala de Alienação Parental, parabenizo a Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica, especialmente na pessoa do seu Presidente, o Professor Doutor Jorge Trindade, extenso, igualmente, à toda sua Diretoria e Membros, pela criatividade e inovação na busca da solução de conflitos em benefício da Criança e do Adolescente, contribuindo, de maneira significativa, com mais uma importante ferramenta a ser utilizada na preservação e restauração dos Direitos Humanos das Crianças.”


Dra. Simone Spadari

Promotora de Justiça - Ministério Público

“A escala de indicadores legais de alienação parental é uma ferramenta esclarecedora e descomplicadora. Permite acessar informações importantes sobre indicativos que sugerem cautela num quadro de alienação parental. É acessível ao leigo e ao público em geral, incorporando assim a condição de relevante importância social e pedagógica. Instrumentaliza os operadores que mais diretamente atuam com possíveis vítimas desse fenômeno que tem aniquilado silenciosa e progressivamente os vínculos parentais. Parabéns Dr. Jorge Trindade. Seu esforço, estudo e dedicação e também de sua equipe rendem à comunidade esse importante instrumento de atuação diária.”


Márcia Teresinha Cardozo de Moura

Assistente social- CREAS- Jaguari - Especialista em Direito da Criança e do Adolescente pela Fundação Escola Superior do Ministério Público - FMP- RS

“A Escala de Alienação Parental é uma ferramenta importante e inovadora para os assistentes sociais. Ao conhecermos a história de vida, a dinâmica familiar, como as pessoas se relacionam e no que este emaranhado familiar contribui para que a situação de litígio se instale, o desafio dos assistentes sociais é realizar uma avaliação cuidadosa e sensibilizar os envolvidos quanto aos prejuízos acarretados pela alienação parental às crianças e adolescentes, quiçá repercutindo indelevelmente por toda a vida.”


Dra. Alcina Juliana Barros

Psiquiatra Forense

“A Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental representa importante avanço na investigação da dinâmica presente em avaliações para fins de guarda e visitação de crianças. Ela surgiu de uma necessidade da prática psicojurídica, antecipando as probabilidades de identificação da Alienação Parental, alertando para os principais aspectos a serem pesquisados e desempenhando função educativa para as famílias, por sua fácil acessibilidade e inteligibilidade.”


Marina Kayser Boscardin

Psicóloga / Especialista em Pericia Psicológica Forense pela Universidade Autônoma de Barcelona / Especialista em Psicopatologia Clínica pela Universidade de Barcelona

“A Escala de Indicadores de Alienação Parental sem dúvida é uma ferramenta inovadora para a identificação deste fenômeno que cada vez mais afeta as famílias. Para nós, psicólogos que trabalhamos diretamente com essa questão, fica evidente que por muitas vezes as pessoas envolvidas em casos de alienação parental têm dificuldade em identificar a ocorrência do fenômeno, o que acaba por obstaculizar a prática das devidas intervenções para a resolução dos conflitos existentes. A Escala de Indicadores de Alienação Parental, dessa forma, desmistifica o fenômeno da alienação parental, tornando o tema mais acessível à população em geral, e consequentemente possibilitando a tomada de medidas de prevenção e tratamento.

Parabenizo a equipe do Instituo Prof. Jorge Trindade, Dr. Jorge Trindade, Dra. Elise Trindade e Dra. Fernanda Molinari pela brilhante iniciativa, estando certa de que será de grande utilidade para a nossa prática profissional.”


Dra. Mónica Borile

Presidenta da Confederación de Adolescencia y Juventud de Iberoamérica, Italia y el Caribe (CODAJIC)

“Si bien sabemos que cada vez más niños y adolescentes presentan manifestaciones del Síndrome de Alienación Parental no es fácil realizar el diagnóstico del mismo. Cuanto antes lleguemos a reconocer la presencia de esta coparentalidad maligna, nuestras intervenciones serán más eficaces y podremos actuar como agentes que promuevan los derechos para un adecuado desarrollo bio, psico, social de nuestros niños y adolescentes.

El contar con una herramienta que nos permite identificar la presencia de indicadores de Alienación Parental como la "Escala de Indicadores Legales de Alienación Parental" es de gran valor ya que através de este ágil instrumento digital autoadministrado podemos acceder a inestimable información, que facilitará generar adecuadas acciones interdisciplinarias.

Llegar al diagnóstico de este grave maltrato psicológico, requiere intervenciones eficaces, agradecemos desde la CODAJIC Confederación de Adolescencia y Juventud de Iberoamérica, Italia y el Caribe al Equipo Multidisciplinario del Instituto del Prof. Jorge Trindade, (Jorge Trindade, Elise Karam Trindade e Fernanda Molinari) quienes han ideado y desarrollado el modelo de Escala de Indicadores Legales de Alineación Parental, facilitarnos el acceso a tan útil herramienta.”


V.R. (19 anos)

Filha que sofreu com a Alienação Parental

“A Escala de Indicadores Legais de Alienação Parental foi de muita utilidade pra mim, pois me ajudou a reconhecer este problema pelo qual eu passei tantos anos.

A identificação da Alienação Parental, no meu caso, foi de extrema importância, pois pude resolver esse conflito ao demonstrar para os meus pais o sofrimento pelo que passei devido à alienação causada por um deles.”